Cáritas participa de seminário com mulheres sobre Educação Contextualizada

A Cáritas Diocesana de Crateús (CDC) participou do Encontro Territorial Educação no Semiárido: “Mulheres construindo saberes para Educação Contextualizada”, realizado pelo Esplar, na última terça-feira (21/02), na sede do Sindicato das/os Trabalhadoras/es Rurais  de Tamboril. Participaram mulheres de Nova Russas, Monsenhor Tabosa e do município que abrigou o encontro, que foi a culminância de uma série de atividades formativas do projeto “Educação para a Liberdade”, financiado pela We Word. A agente Cáritas Erdimária Macedo contribuiu na mesa de abertura, apresentando um breve histórico de como a Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido (ECCSA) tem contribuído concretamente para a melhoria de vida nas comunidades, de tal modo que, inclusive, “em Nova Russas,  Tamboril e Ipaporanga a proposta já é uma política pública”, ressaltou.

Erdimária também anunciou que a We World, em parceria com a Cáritas e a Rede de Educação do Semiárido Brasileiro (Resab), da qual Esplar também é integrante, realizará projeto que ampliará a proposta de ECSSA para além dos territórios Inhamuns e Crateús, atingindo ao todo 20 municípios cearenses. “Será um projeto financiado pela União Europeia e neste momento já estão sendo feitas conversas políticas com prefeitos do Sertão Central, para articular esse processo”, anunciou. Semelhante a projetos já realizados pela CDC no território, o objetivo será fornecer formação a professoras/es e técnicas/os das secretarias de educação, no sentido de conquistar corações e mentes para a mudança integral do modo de ser nas escolas públicas do campo, para serem mais humanizadas, que valorizem o próprio contexto, envolvam a comunidade e consequentemente gerem bem viver, como já testemunham comunidades escolares tamborilenses, município que é referência nacional nesse assunto.

{gallery}seminario_Esplar{/gallery}